August 02, 2018 at 08:29AM

By 02/08/2018Instagram

“Está tudo bem. Nada errado aqui. Tenho que passar a imagem que estou bem mesmo desmoronando por dentro. Não posso ser vulnerável. Não posso assumir que errei. Minha filha ou meu filho não podem me ver dessa forma.” Quantas vezes, enquanto seres humanos, pensamos algo do tipo? Fingir que tudo está perfeito em frente dos filhos passa duas mensagens que precisamos estar cientes: 1) que errar e estar vulnerável não é correto, não acontece ou deve ser evitado a qualquer custo (é vergonhoso, esconda isso!) e 2) que perfeição é o que eles devem ter como objetivo (já que ‘observam’ apenas o sucesso em você, mesmo percebendo que está escondendo alguma coisa). Se não ensinarmos nossas crianças e adolescente a errar, estarem presentes com sua vulnerabilidade e lidar com tudo isso, como criaremos adultos que usam fracassos como oportunidades de crescimento? Que são emocionalmente inteligentes e entendem que a vida é feita sim de altos e baixos? Se estamos mostrando com nossas ações e palavras que devemos esconder o erro, a vulnerabilidade, o fracasso, a depressão, o coração partido e tantas outras dores da vida, que mensagem estamos passando para eles? Como ensinar resiliência se, com nossas atitudes (bem intencionadas, eu sei) falamos que não é certo mostrar fraqueza? Que o certo é esconder a vulnerabilidade, colocar um sorriso no rosto, e ‘ser forte’ do lado de fora? Como ensinar o outro a se descobrir, amparar e vivenciar sim os sentimentos ruins que a vida nos traz se não estamos dispostos a olhar para nós mesmos e lidar com toda essa vulnerabilidade em primeiro lugar? É preciso ter coragem de olhar para dentro e aceitar que somos imperfeitos! Falo tudo isso do ponto de vista de filha (e ser humano) e também acho que “não conseguimos aprender como sermos bem sucedidos verdadeiramente se não temos as ferramentas para cometer erros.” -Rachel Simmons #vulnerabilidade #pais #filhos #mae #pnl #coaching #autoconhecimento #descubrase #resiliencia #agilidadeemocional #imperfeicao Via Instagram https://ift.tt/2vuGTUC

Comentários

comentarios